Desmatamento no Cerrado cai 16%

desmatamet

desmatamet

Segundo informações divulgadas pelo governo, com base em estudos do Ibama, aperda de vegetação nativa por desmatamento no Cerrado foi de 6,2 mil km² em 2009-2010, contra 7,4 mil km² em 2008-2009. Se comparado aos índices de 2002 – quando o acompanhamento da região começou a ser feito, por meio de imagens de satélite –, a queda do desmatamento foi ainda maior: cerca de 40%.

Apesar da boa notícia, o Cerrado continua sendo um dos biomas mais ameaçados do país e, atualmente, possui apenas metade de sua cobertura original. Para aumentar a proteção na região, a ministra Izabella Teixeira aproveitou a ocasião para anunciar aimplantação de sistemas de monitoramento mais avançados no bioma, nos moldes dos usados pelo Inpe – Instituto de Pesquisas Espaciais na Amazônia.

A medida ajudará a obter dados mais detalhados a respeito do desmatamento no Cerrado e, ainda, identificar com maior precisão os motivos da prática ilegal no bioma – como atividades agropecuárias, produção de carvão e crescimento urbano desordenado.